Uma família comum

Foto de Sociedade Varonil.Nada de tão extraordinário, só uma família comum. O homem é aquele que saí de encontro a mulher, como Gênesis 2:24 traz, e se une a ela para que sejam uma só carne. A mulher, por sua vez, é a quem deve aprender desde cedo que “contos encantados não existem”, pois o que existe é um homem falho, mas desejoso em ser melhor, por Deus e pelo o que almeja realizar ao dela, com amor, respeito e fidelidade. Os dois se encontrarão e aprenderão cotidianamente que as tempestades são quem fazem um bom marinheiro navegar pelos mares da vida. Certa vez eu li um texto do Paul Washer, e ao decorrer da leitura ele fazia as seguintes perguntas acerca do casamento:

Como você aprenderá amor incondicional se você está casado com alguém que cumpre todas as condições? Como você aprenderá misericórdia, paciência, longanimidade, amabilidade, compaixão, se você está casado com alguém que nunca falha com você? Que nunca é duro com você? Que nunca peca contra você? Que nunca é lento para ignorar seu pecado e pedir perdão? Como você aprenderá “graça” ou “derramar seu favor” em alguém que não merece, se você é casado com alguém que sempre merece todas essas coisas boas? Você vê isso? ” e acentua dizendo “…o propósito principal do casamento é que através do seu casamento, você se torna conforme a imagem de Jesus Cristo.”

Construir uma família, embora pareça simples e fácil aos olhos de muitos, requer bem mais que um “aceite-se casar comigo”. O mundo tem invertido papéis, e há quem pense que casar-se está fora de moda. Sem dúvidas é muito mais prático acomodar-se em atitudes minuciosas sem a preocupação de arcar com as responsabilidades que “se ter uma família” exige. Mas, quão abençoados são aqueles que possuem o desejo de ter uma família. Casamento não é um test drive onde você simplesmente troca de cônjuge por coisas banais. O grande problema da nossa geração é que ela não entende sobre “reconstruir” mas sim de “trocar por algo novo“; não compreende a virtude de batalhar juntos, mas sim de ser egoísta, onde o “só venha nós” grita dentro de si; não amadurece em relação aos sentimentos porque acredita que tudo gira em torna dela. Casamento é renúncia de si mesmo antes de tudo. É fazer o outro feliz sem pedir nada em troca. É demonstrar amor mesmo sem motivos ou sem merecimento, assim como Deus faz todos dias por nós. É estar com alguém que, mesmo que imperfeito, busca a direção do Espírito Santo em prol do lar. Construir um família é construir à dois uma história que durará para sempre na memória dos que os rodeiam, e com o passar do tempo serem novamente abençoados com a graça divina em serem pais, podendo mais uma vez partilhar do amor de Cristo para com aqueles que o Senhor designou como seus filhos, que trarão alegria para casa e mais felicidade para o casal. Filhos são jóias raras que precisam crescer aprendendo sobre o valor que há em ter uma família. Não é preciso ser rico ou ter diversos títulos acadêmicos ou uma boa posição social. Ter uma família é ser comum no que diz respeito ao que Deus espera que seja: uma família segundo Sua vontade para glória de Deus. Um lar, um pai, uma mãe e seus filhos, por Deus e para são todas as coisas.
Jhennifer Souza | Feminilidade – Coram Deo
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s